A Voz da Arquibancada

Página 6 de 32 Anterior  1 ... 5, 6, 7 ... 19 ... 32  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Dom 10 Ago - 19:27

Relembrando a primeira mensagem :

A comissão técnica do América se preocupa tanto com a forma do adversário jogar que se esqueceu de criar o próprio padrão de jogo. Insiste na tentativa de usar o 4-2-3-1, sem considerar o perfil da equipe. Prioriza os treinos de bola parada em vez de qualificar a troca de passes. Os defeitos foram repetidos e ampliados na derrota para o Icasa: Tchô ficou isolado no centro; Pablo, Gilson e Willians mais preocupados em defender do que atacar; André, Vitor Hugo e Guerreiro rifaram os lançamentos; Andrei nem marcou nem avançou; Obina só teve uma oportunidade para finalizar; Ricardinho, com muitos erros de passes e finalizações, continuou improdutivo. Se fosse prata da casa não teria as mesmas chances. Aliás, Núbio Flávio, outro campeão brasileiro sub-20 mal aproveitado no profissional, em poucos minutos produziu mais que Ricardinho.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Dom 28 Dez - 11:23

Na reestruturação organizacional, deveria ser criado o cargo de coordenador técnico, responsável pela transição dos sub-23. Este funcionário acompanharia os jogos da base e profissional. Atuaria na montagem da equipe a fim de assegurar o desenvolvimento e aproveitamento dos promovidos. Também teria poder de vetar contratações de jovens desconhecidos, mesmo quando indicados pelo treinador, caso considere os pratas da casa mais promissores, qualificados e merecedores das oportunidades de aprimoramento na categoria principal. Enfim, teria a responsabilidade de implantar a metodologia de desenvolver o talento dos sub-23, para evitar os erros cometidos nos três últimos anos com gastos excessivos em contratações desnecessárias. Vale destacar, que Givanildo e Cláudio Prates falharam no trabalho de refinamento dos campeões brasileiros sub-20.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Ter 30 Dez - 11:03

A causa e o efeito da desmotivação dos pratas da casa no processo de transição se confundem. Inicialmente, os promovidos não participam nem do time reserva durante os treinamentos. Perdem espaço para atletas pouco qualificados e com salários maiores. Só são escalados nos coletivos e jogos de acordo com a necessidade, devido a contusão, suspensão e, em último caso, grande sequência de erros dos contratados. Ainda assim, muitas vezes, são improvisados. A falta de oportunidade diminui a motivação. Desmotivados, estacionam no estágio de desenvolvimento profissional. Depois, os responsáveis pelas decisões no futebol transferem para o motivacional o não aproveitamento dos ex-juniores. A comissão técnica da equipe principal precisa ter capacidade para trabalhar o aprimoramento dos jogadores vindos da base a fim de formar um time mesclado.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Qua 31 Dez - 11:14

Contratações e renovações devem ser criteriosas, a fim de evitar gastos excessivos, montagens e desmontagens das equipes e falta de oportunidades para os pratas da casa. Possibilidades de retorno dentro de campo e financeiro, salários e condição física ideal para disputar campeonatos de alta competitividade precisam ser avaliados. Resistência, para suportar sequência de jogos, e velocidade são características físicas fundamentais. Embora os promovidos da base ainda sejam atletas em formação, os contratados só podem ocupar o lugar deles se forem jogadores qualificados, com capacidade de chamar a responsabilidade de decidir partidas. Entre um mediano e um ex-júnior, a preferência tem de ser do formado no próprio clube. Mesmo assim, é possível montar um time mesclado. Os experientes serem espelho e suporte dos mais novos. Feliz 2015.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Sex 2 Jan - 10:47

João Ricardo e Leandro Guerreiro serão os únicos remanescentes do time considerado titular nas últimas rodadas da Série B. O começo das negociações com os outros titulares deveria ter acontecido durante o Brasileirão, antes da eleição do novo conselho de administração. É bom lembrar os mais escalados no segundo turno: João Ricardo; Pablo, Adalberto, Vitor Hugo, Raul; Guerreiro, Andrei, Renan, Gilson; Willians e Obina. Com a saída da maioria, a permanência dos reservas precisaria ser minimizada. A opção seria contratar reforços qualificados em condições de assumir a titularidade. Sem essas contratações, a solução deve ser aproveitar o entrosamento do sub-20 e formar um time mesclado. Exemplo: João Ricardo, Robertinho, Messias, Wesley ou Anderson, Carlos Renato; Guerreiro, Renato Bruno, Patrick, Xavier; Bruno Sávio e Rodrigo Silva.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Sab 3 Jan - 10:58

Leandro Guerreiro e Mancini terão o objetivo de dar suporte aos atletas sub-23 em estágio de formação. Os experientes jogadores precisam ter perfil de liderança a fim de serem exemplos dentro e fora de campo. Repetirem a função orientadora de Fábio Júnior, da forma que o ex-atacante do América colaborou no desenvolvimento profissional de Matheus. Devido ao dinamismo do futebol, com predominância de velocidade e resistência física para suportar sequência de jogos, o revezamento entre os dois veteranos deve ser mais produtivo e eficiente. Em algumas partidas, o meio de campo ser formado por Guerreiro mais três atletas promissores. Em outras, Mancini seria o mais experiente do time. Diego e Paulinho são opções de primeiro volante. Renato Bruno e Dopô, de segundo. Júnior Lemos, Kaio, Patrick, Xavier, Renatinho e Pedrinho, meias-atacantes.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Dom 4 Jan - 11:28

Na Copa São Paulo, América e Santa Cruz se enfrentam às 16h, em Taboão da Serra. Santiago, o artilheiro colombiano, foi contratado depois do prazo de inscrição da competição. Poderia formar eficiente dupla com Pabrício. Hugo ou Glauco, Danylo, Kevin, Roger e Diego devem compor o setor defensivo. Addan, Zé Ricardo, Christian e Iran, o meio de campo. Pabrício, Eduardo, Guilherme e Leo são opções para o ataque. A fim de evitar o erro cometido com Renatinho, quando o rendimento do meia-atacante caiu no último ano de júnior, devido à falta de desenvolvimento físico acompanhado do fisiologista do profissional, os nascidos em 95, deveriam começar uma preparação diferenciada na equipe principal. Embora Zé Ricardo seja 96, o jogador também poderia participar desse aprimoramento. Assim, estarão mais bem preparados para serem promovidos em 2016.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Ter 6 Jan - 10:48

É mais recompensador apostar no América na Timemania do que em jogadores desconhecidos, contratados de outros clubes, para fazer estágio. No concurso 370, último de 2014, o Coelhão teve 21.983 apostas, ficou em décimo lugar entre os clubes apostados, foi o time do coração sorteado e terminou na 40ª posição do acumulado do ano. Em 2015, o objetivo é melhorar a colocação. A distribuição da arrecadação é proporcional ao número de apostas feitas no time preferencial. De acordo com Guilherme Chaves, que trabalhou no Marketing americano com Fabiano Jardim, na gestão de Baltazar, os bilhetes eram vendidos durante as partidas no Independência, a fim de facilitar a adesão dos torcedores. Independentemente do local da venda, a torcida americana precisa aumentar a participação e, literalmente, apostar no América nos concursos da Timemania.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Qua 7 Jan - 10:58

O Coelhãozinho enfrenta a Chapecoense, às 16h, na segunda rodada da Copa São Paulo. Wellington, que estava relacionado para a competição, foi substituído pelo Eduardo. Vitor Emiliano, Marcinho e Michel são atletas sub-18. Aliás, Michel conquistou a titularidade na lateral-esquerda. Segundo Geraldo Ventura, o lateral também jogou na função de articulador, deslocado pela direita, no sub-17. Roger e Addan se destacaram na conquista da Taça BH. Iran, autor do gol contra o Santa Cruz, é uma das novidades do time. Apesar de o Glauco ser 95, o jogador vai integrar a equipe principal depois da Copinha. Hugo, Erick e Jori deverão ser os goleiros dos juniores nas outras competições de 2015. Se a equipe principal precisar de quarto-zagueiro, lateral-esquerdo e meio-campista, Kevin, Roger, Michel, Diego, Addan, Zé Ricardo e Christian são opções.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Qui 8 Jan - 10:37

Coletivos em ritmo de jogo entre titulares e reservas poderão ser mais produtivos do que jogos-treino contra clubes amadores desqualificados. Desde modo, Givanildo vai ter mais possibilidades de trabalhar os jogadores da equipe. Os promovidos para o profissional estão no processo de transição. Não são atletas prontos, mas precisam de um trabalho diferenciado a fim de acelerar o desenvolvimento. Orientação, inclusive comportamental, mais preparação intensiva são fundamentais. Durante os treinamentos, serem orientados a buscar a perfeição através da prática. Após os treinos, Flávio Lopes, o gerente do futebol, fornecer feedback a fim de minimizar erros e maximizar os acertos desejados dentro e fora de campo. Os campeões brasileiros sub-20 foram dispensados do América, sem terem chances programadas e instruções de melhoria contínua.

avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Sex 9 Jan - 10:42

A redistribuição dos jogadores por posição poderá evitar contratações desnecessárias, pelo menos para o Campeonato Mineiro. Inicialmente, são três laterais para cada lado. No direito: Patrick, Marcelinho e Robertinho. No esquerdo: Bryan, Carlos Renato e Williams. Patrick, Robertinho e Carlos Renato também jogam no meio de campo. Robertinho poderá disputar a condição de substituto de Andrei com Renato Bruno e Dopô. Patrick tem características ofensivas para exercer a função de meia-atacante pelas beiradas, no 4-2-3-1, ou de articulador centralizado, no 4-4-2. Caso seja preciso, disputaria a vaga com Júnior Lemos, Kaio, Renatinho, Pedrinho e Mancini. Carlos Renato também pode ser opção de meia-esquerda juntamente com Xavier e Patrick Allan. Williams seria alternativa de quarto-zagueiro para o time americano.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Sab 10 Jan - 10:45

América e Taboão da Serra se enfrentam, às 16h, na terceira rodada da Copa São Paulo. O Coelhãozinho está em processo de reconstrução. Em relação à Taça BH, Roger foi o único titular. Addam jogou porque Paulinho estava machucado. Santiago não participou da Copinha devido ao prazo de inscrição. No confronto com a Chapecoense, Leo Mota e Pabrício estavam suspensos, e Guilherme, afastado por recomendação médica. Michel, 17 anos, e Marcinho, de 16, participaram do jogo. Addam, Christian e Zé Ricardo possuem mais características de volantes com habilidade para sair jogando do que meias de ligação. Enfim, a equipe começou a ser remontada depois do Mineiro do ano passado. Mas o desmanche e a remontagem deveriam ter começado a partir de fevereiro de 2014, a fim de acelerar a transição para o profissional e privilegiar a Copa SP.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Dom 11 Jan - 11:29

Resistência física, movimentação constante e velocidade nos deslocamentos, atualmente, são fatores fundamentais para disputar competições de alto nível. Apesar dos erros de passes, Pablo e Willians se destacaram no América devido à voluntariedade. Embora Andrei seja considerado bastante produtivo e eficiente pela comissão técnica, o jogador foi muito criticado por grande parte da torcida americana, por causa da lentidão na transição e na recomposição. A equipe de 2015, no mínimo, vai precisar demonstrar bastante força de vontade durante os 90 minutos, a fim de se tornar um time intensamente competitivo e conquistar a confiança dos torcedores. Jogadores guerreiros, com objetivo de brigar pela vitória em todas as partidas. Mentalidade vencedora, atitude positiva, postura ofensiva e comprometimento para enfrentar e superar grandes desafios.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Ter 13 Jan - 11:14

Nos três últimos anos, a falta de planejamento no profissional prejudicou o desenvolvimento dos promovidos. Os sub-23 precisam passar por etapas programadas de melhoria contínua. No mínimo, participarem dos 15 minutos finais de todos os coletivos, preferencialmente sem serem improvisados, e escalados aos poucos nas competições. Diego mostrou qualidades para ter sido mais bem trabalhado e ter jogado mais vezes em 2014, a fim de se tornar o eventual substituto do Leandro Guerreiro ou assumir a titularidade este ano. Mas o promissor jogador perdeu espaço durante a série B, inclusive entre os reservas nos treinamentos. O atraso no desenvolvimento do Diego atrasou a evolução do Paulinho, que deveria ter subido depois da Copa São Paulo do ano passado. Na posição de primeiro volante, seria o momento de antecipar a promoção do Addam.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Qua 14 Jan - 10:37

O América precisa se adaptar ao calendário das competições do sub-20. A Copa São Paulo tem bastante divulgação, pela tradição e por ser realizada no período de férias dos profissionais. Taça BH, Copa do Brasil e Mineiro são outras disputas durante o ano. O Coelhãozinho só entrou no Brasileiro por convite. Apesar de ser realizada em janeiro, a prioridade e o início da transição para a equipe principal deveriam ser a Copa SP. A partir de fevereiro, os jogadores que estiverem no último ano do júnior devem começar a se acostumar com o ambiente profissional, iniciar os trabalhos de aprimoramento físico e ser relacionados entre os 23 convocados para as partidas no Independência. Com a promoção, estariam mais bem preparados para ser aproveitados em 2016, enquanto os juniores sub-19 ficariam mais entrosados para a próxima Copa São Paulo.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Qui 15 Jan - 10:48

Apesar das improvisações, a comissão técnica realizou coletivo na semana passada, com grande presença dos pratas da casa. Quando Xavier foi improvisado na lateral esquerda do sub-20, o técnico Milagres foi bastante questionado. Afinal, o jogador é muito mais produtivo e eficiente no meio de campo. Do mesmo modo, Júnior Lemos, na função de articulador, é mais eficaz do que na lateral direita. Parece que Kaio também jogou improvisado de atacante. Renatinho e Assis confirmaram a vocação de goleadores e marcaram os dois gols do treinamento. Renatinho, artilheiro do Mineiro, com 16 gols, desde o ano passado deveria ter começado o trabalho de aprimoramento físico e participado do mesmo processo de reforço muscular feito com Henrique. Nesta sexta-feira, show de Dimas Moreira, conselheiro do América, às 21h, no Matriz Cultural.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Sex 16 Jan - 10:49

O primeiro esboço do time titular deveria ter sido mais mesclado. São várias possibilidades de combinações com os pratas da casa. Messias tem potencial para ser trabalhado e evoluir por meio de chances seguidas ao lado de um zagueiro qualificado. Poderá formar dupla com Wesley ou Anderson. A formação do meio de campo oferece muitas opções, mas também é bastante preocupante. A escalação de Leandro Guerreiro, Thiago Santos e Mancini é uma combinação de pouca mobilidade e baixa velocidade. Diego, que treinou improvisado na zaga do terceiro time, merecia ter disputado a titularidade desde o ano passado. Renato Bruno é alternativa de acelerar a saída de bola. Xavier, Patrick e Renatinho, de meias atacantes. No ataque, Bruno Sávio ou Rubens. Ainda Paulinho, Dopô, Luis Felipe, Júnior Lemos, Kaio e Assis. Show do Dimas, às 21h, no Matriz.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Sab 17 Jan - 11:15

Diego Lorenzi terá a missão de ser um reforço qualificado, com capacidade de assumir a titularidade e chamar a responsabilidade de comandar o ritmo do time, em vez de ser só mais um contratado. Para compor o grupo, existem vários atletas promissores vindos da base com fome de bola a fim de serem aprimorados e aproveitados no profissional. Aliás, a liberação de Jardson deveria abrir espaço para Luis Felipe e Dopô serem mais bem trabalhados e utilizados. Ainda existem outras opções de meio-campistas. A movimentação no setor está tão intensa que atualmente a diferença entre as funções de um segundo volante e meias de ligação é mínima. Em alguns esquemas, só um volante de marcação é escalado. Robertinho, Renato Bruno, Xavier e Júnior Lemos podem fazer parte da segunda linha do losango. Se precisar, tem Addam, Christian e Zé Ricardo.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Dom 18 Jan - 11:23

O América, por ser um clube essencialmente formador, deve resgatar o valor cultural de prestigiar os pratas da casa. Repetir a fórmula ganhadora de formar times mesclados, que conquistaram títulos. Experientes qualificados com histórico vencedor nos clubes anteriores, promissores atletas da base e poucas apostas em desconhecidos com paixão por vencer são as principais características dessas equipes vencedoras. Flávio Lopes e Givanildo fazem parte da história americana por terem participado dessas conquistas. Flávio na condição de jogador no Mineiro de 93 e treinador na Sul Minas de 2000. Givanildo comandou a equipe campeã da Série B de 97 e Série C de 2009. Apesar do eficiente trabalho do Milagres no sub-20, os promovidos perderam espaço no profissional nos três últimos anos devido ao excesso de contratações de jogadores medianos.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Ter 20 Jan - 10:56

Entrosamento, qualidade técnica na troca de passes e movimentação em alta velocidade são vantagens competitivas dos campeões da Taça BH promovidos para o profissional. No ano passado, o sub-20 demonstrou bastante potencial ao vencer os profissionais nos coletivos. Em 2015, sob o comando de Givanildo, os times formados por vários pratas da casa empataram o primeiro treino e venceram o segundo contra os remanescentes e contratados considerados titulares. Do meio para frente, Paulinho, no desarme, e Renato Bruno, na transição, formam uma eficiente dupla de volantes. Xavier, Patrick e Renatinho, os articuladores com capacidade de tabelar progressivamente, fazer assistências e marcar gols. Bruno Sávio e Rubens, os artilheiros. Ainda Marcelinho, Messias e Williams, reforçados por Carlos Renato, Diego, Luis Felipe, Dopô, Kaio e Assis.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Qua 21 Jan - 10:43

No jogo-treino contra o Villa Nova, João Ricardo, Robertinho, Wesley, Anderson e Bryan provavelmente formarão o setor defensivo. Messias poderia ser a novidade na zaga. Leandro Guerreiro e Thiago Santos precisarão mostrar qualidade técnica, resistência física e velocidade para participar da marcação, transição e reposicionamento. Mancini e Felipe Amorim terão a missão de assumir a responsabilidade de criação das jogadas agressivas, além de assistências aos atacantes e finalizações. Paulinho, Diego, Dopô, Luis Felipe e Renato Bruno deveriam ser opções de substituição. Xavier, Patrick e Renatinho, a fim de aproveitar o entrosamento, poderiam jogar juntos na articulação ou um deles ser escalado ao lado de Mancini ou Felipe Amorim. No ataque, Bruno Sávio e Rodrigo Silva. Kaio, Diney, Henrique, Assis e Rubens, as alternativas ofensivas.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Qui 22 Jan - 10:38

Gutemberg, ex-centroavante, formou o trio ofensivo com Euller e Arimateia nas categorias de base. No profissional, foi improvisado na função de volante. Com bastante potência física tomou conta da posição. Jogou com Taú e Flávio no meio de campo, enquanto no ataque jogaram Euller, Hamilton e Robson. Milagres, Estevam, Luis Carlos Marins, Leley e Ronaldo formaram o setor defensivo. Time mesclado, qualificado, competitivo e de baixo orçamento. Apesar de a improvisação do Gutemberg ter dado certo, a prática depende das características físicas, técnicas e disposição do improvisado. O deslocamento do Júnior Lemos para a lateral prejudicou o refinamento do promissor atleta. No sub-20, era o jogador tático do Milagres. Segundo Vinícius Eutrópio, se Júnior Lemos fosse bem trabalhado no profissional, disputaria a titularidade no ano passado.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Sex 23 Jan - 10:52

Contra o Villa Nova, Rodrigo Silva se destacou pela movimentação a fim de buscar o jogo, tabelar e penetrar dentro da área para finalizar. Ainda assim, o jogo-treino foi muito truncado no primeiro tempo. Guerreiro e Thiago Santos são dois primeiros volantes. Robertinho e Bryan poucas vezes procuraram a linha de fundo. Henrique defendeu mais que atacou. Felipe Amorim fez assistências, mas não finalizou. Mancini ficou isolado na criação. Wesley e Anderson precisam ser testados contra atacantes velozes, que partem para cima. Na segunda etapa, o ritmo foi mais acelerado. Luis Felipe se sobressaiu pela qualidade na troca de passes. Patrick e Xavier se destacaram na parte ofensiva. Renatinho, Bruno Sávio e Rubens foram bastante dinâmicos. Faltou acertar mais vezes o último lance. Escolher a opção certa entre driblar, passar ou chutar.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Sab 24 Jan - 10:48

Os sub-23 que buscam a titularidade ou permanência na equipe deveriam ser escalados no jogo-treino contra o Araxá. Apesar de serem atletas em formação, a análise do desempenho dos pratas da casa é mais rigorosa. Os promovidos param de fazer parte do time reserva e da lista de relacionados nas primeiras falhas ou até sem justa causa. Enquanto os contratados, mesmo sem serem tão produtivos, têm inúmeras oportunidades a fim de justificar as respectivas contratações. Lucena, Magrão, Ricardinho, Bruninho e Júnior Negão são exemplos recentes. Diego, Renato Bruno e Patrick Allan demonstraram capacidade técnica qualificada para compor o meio de campo. Marcelinho tem resistência física e velocidade para defender e atacar pelo lado. Williams joga de quarto-zagueiro e lateral. Carlos Renato, Dopô, Kaio e Assis devem ser mais bem avaliados.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Dom 25 Jan - 11:21

Lateral esquerda, segundo volante e dupla de meias ofensivos são posições preocupantes. Bryan e Xavier são mais produtivos e eficientes na parte ofensiva. Uma solução seria utilizar o 3-5-2, com a liberação dos alas. Outra possibilidade é a escalação dos dois jogadores para compor o lado esquerdo, repetição da formação usada com Raul e Gilson. Ainda, Williams, que é mais defensivo. A escalação do Leandro Guerreiro e Thiago Santos limita a velocidade de transição. Ambos são primeiros volantes. Luís Felipe é opção para qualificar a troca de passes na saída de bola. Diego Lorenzi é desconhecido, Diego Henrique deixou de ser aproveitado e Renato Bruno foi pouco utilizado nos coletivos de 2015. Na articulação, Mancini perdeu a titularidade em 2014. Felipe Amorim e Pedrinho vão precisar mostrar capacidade de chamar a responsabilidade.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Ter 27 Jan - 10:57

O time considerado titular teve pouca produtividade contra Villa Nova e Araxá. Os reservas foram mais produtivos e eficientes até nos coletivos contra os titulares. Nos jogos-treino, Robertinho e Bryan fizeram poucos cruzamentos certeiros da linha de fundo. Faltou um segundo volante com qualidade técnica, resistência física e velocidade para jogar de uma área a outra. Mancini fez lançamentos precisos, mas, na condição de meia-atacante mais experiente da equipe, necessita aumentar o número de assistências, finalizações certas e marcar gols. Henrique foi muito defensivo e pouco combativo. Diney melhorou o rendimento depois de ter perdido a condição de titular. Felipe Amorim deu passes para conclusões que resultaram em gols, porém, também precisa finalizar mais. Rodrigo Silva se destacou pela constante movimentação para buscar o jogo.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 6 de 32 Anterior  1 ... 5, 6, 7 ... 19 ... 32  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum