A Voz da Arquibancada

Página 2 de 32 Anterior  1, 2, 3 ... 17 ... 32  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Dom 10 Ago - 19:27

Relembrando a primeira mensagem :

A comissão técnica do América se preocupa tanto com a forma do adversário jogar que se esqueceu de criar o próprio padrão de jogo. Insiste na tentativa de usar o 4-2-3-1, sem considerar o perfil da equipe. Prioriza os treinos de bola parada em vez de qualificar a troca de passes. Os defeitos foram repetidos e ampliados na derrota para o Icasa: Tchô ficou isolado no centro; Pablo, Gilson e Willians mais preocupados em defender do que atacar; André, Vitor Hugo e Guerreiro rifaram os lançamentos; Andrei nem marcou nem avançou; Obina só teve uma oportunidade para finalizar; Ricardinho, com muitos erros de passes e finalizações, continuou improdutivo. Se fosse prata da casa não teria as mesmas chances. Aliás, Núbio Flávio, outro campeão brasileiro sub-20 mal aproveitado no profissional, em poucos minutos produziu mais que Ricardinho.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Sex 12 Set - 11:15

América e Goiás disputam a semifinal da Taça BH, às 10h, no Independência.
Hugo, Glauco, Danylo, Kevin, Roger, Addam, Christian, Zé Ricardo, Guilherme e Pablício são alguns dos atuais atletas em formação que poderão disputar a Taça São Paulo em 2015. Esses jogadores devem continuar o processo de desenvolvimento na base. Marcelinho, Messias, Williams, Paulinho, Renato Bruno, Xavier, Renatinho, Bruno Sávio e Rubens já deveriam estar na etapa de refinamento tático, técnico, físico e comportamental, coordenados pela comissão técnica da equipe principal. Aliás, os juniores não são adversários dos profissionais. Seria mais produtivo a participação de todos em times misturados, nos tradicionais coletivos 11 contra 11. Assim, os sub-20 jogariam ao lado do Renato Santos, Gilson, Leandro Guerreiro, Mancini e Obina, em vez de jogarem contra.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Sex 12 Set - 11:15

O Coelhão precisa jogar com paixão por vencer, a fim de derrotar o Sampaio Corrêa, conquistar a terceira vitória em dez jogos fora de casa e melhorar o desempenho na condição de visitante. Adalberto, Doriva e Júnior Lemos são opções para substituir Elsinho. Se Adalberto for escolhido, talvez seja mais eficiente utilizar o esquema com três zagueiros e liberar Doriva ou Júnior Lemos para executar a função de ala. Doriva é mais experiente na marcação, enquanto Júnior Lemos se destacou no sub-20 devido à qualidade de criar jogadas ofensivas. Thiago Santos e Diney terão outra oportunidade para mostrar condições de disputar a titularidade. Renan Oliveira deve atuar próximo de Willians, e Obina, repetir a movimentação e a eficiência demonstradas contra Luverdense e Ponte Preta. Blitz do Coelhão na Cantina da Ana, Silviano Brandão, 2.109.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Sex 12 Set - 11:16

América e Atlético se enfrentam na final da Taça BH. O Coelhãozinho superou várias condições adversas na competição. Na primeira fase, o CT Lanna Drumond não teve condições de ser utilizado como sede. Em Ponte Nova, o time disputou duas vagas, com Vasco e Sport. Contra o Goiás, erros da arbitragem prejudicaram grandes possibilidades de ampliação do placar. Além da diferença de critérios em relação às faltas marcadas, houve a marcação equivocada de um impedimento de Rubens, que estava em condições de fazer o gol, e o pênalti em cima de Danylo não foi marcado. Ainda assim, o time americano apresentou vários jogadores com potencial para serem promovidos e trabalhados no profissional. Em vez de serem escalados em situações de emergência e com a responsabilidade de decidir, participarem de um processo de aprimoramento planejado.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Sex 12 Set - 11:16

O Coelho demonstrou pouca combatividade e muita competitividade contra o Sampaio Corrêa. Mas esse confronto ficou em segundo plano devido à divulgação da denúncia do Joinville, alegando irregularidade de Eduardo em quatro jogos disputados pelo América. O anúncio da possibilidade de perder 21 pontos na Série B preocupou a torcida americana. Torcedores trocaram as análises táticas e de desempenho dos jogadores pelos comentários sobre artigos dos regulamentos das competições e do Conselho Nacional do Esporte. Entre as situações citadas está à extinção do prazo para a reclamação ter sido feita. Ainda assim, se o recurso for aceito pelo STJD, o caso do São Caetano foi idêntico e o clube não perdeu os pontos. Enquanto espera a decisão, o time americano, com a participação da torcida, precisa se concentrar na continuação do campeonato.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Sex 12 Set - 11:17

Com requinte de crueldade, o América venceu o Atlético e conquistou o bicampeonato da Taça BH. O placar de 7 a 2 seria o retrato perfeito da superioridade americana. Além dos três gols marcados, o Coelhãozinho fez um, anulado por erro da arbitragem, perdeu dois daqueles chamados de “feitos” e chutou uma bola no travessão. No terceiro gol, Patrick avacoelhou a defesa adversária. Com drible curto, deixou o zagueiro no chão e finalizou entre as pernas do goleiro. Embora o principal objetivo da base seja promover o maior número de atletas em formação para continuarem o trabalho de refinamento no profissional, ganhar um título na nossa casa e em cima de um dos rivais é altamente gratificante. Marcelinho, Messias, Williams, Paulinho, Renato Bruno, Xavier, Renatinho, Bruno Sávio e Rubens já deveriam participar do processo de transição.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Sex 12 Set - 11:18

Terminar o turno em terceiro lugar pode ser satisfatório, mas também precisa ser destacado que, considerando o baixo nível técnico da Série B, o Coelhão desperdiçou oportunidades de conquistar mais pontos e marcar mais gols. Ligações diretas entre defesa e ataque, erros de passes, oscilações de Mancini e Tchô na função de meia centralizado e baixa produtividade de Thiago Santos, Ricardinho, Diney e Bruninho foram os principais defeitos da equipe americana. Diego, Doriva, Júnior Lemos, Magrão, Renan Oliveira e Henrique foram pouco utilizados. André, Andrei e Obina alternaram bons e maus momentos. Fernando Leal e Renato Santos garantiram a segurança defensiva. Elsinho e Gilson foram mais produtivos quando avançaram. Willians e Pablo se destacaram pela movimentação. Leandro Guerreiro e Vitor Hugo mantiveram a regularidade.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Sex 12 Set - 11:18

A participação da torcida americana na arquibancada aumentou a vantagem competitiva do América, no primeiro turno. Na condição de mandante, o Coelhão venceu todos os jogos realizados no Independência e no Mineirão. O incentivo incondicional do torcedor também vai ser fundamental no returno. Sábado, contra o Vasco, o empenho precisa ser ainda maior. Grande oportunidade de transformar a nossa casa em verdadeiro caldeirão verde e preto. A fim de evitar as filas, que se formam minutos antes das partidas, preferencialmente entrar no estádio o mais cedo possível e esquentar o clima do jogo. Incentivar o time de guerreiros desde o aquecimento até o último segundo. Embora a principal concentração dos americanos seja no inferior da Pitangui (Portão 3), os outros setores, inclusive o lado da Ismênia Tunis, também devem ser participativos.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Sex 12 Set - 11:18

Com a fundamental participação da torcida americana, o América busca conquistar mais três pontos e a manutenção da invencibilidade no Independência. Apesar dos desfalques e da qualidade técnica do Vasco, ainda assim o Coelhão precisa jogar com atitude vencedora e postura ofensiva. Pablo e Adalberto são opções de reposição no setor defensivo. Mancini, Renan Oliveira, Willians e Patrick disputam as três posições de meias ofensivos. Se Elsinho jogar, Pablo também será alternativa para formar o meio de campo. Independentemente da escalação, o time americano deve evitar a ligação direta, a fim de trabalhar a saída de bola através da troca de passes precisos, com bastante velocidade e mobilidade dos laterais e dos meias na transição, recomposição e construção de jogadas para as finalizações de Obina. Concentração no Espetinho do Marquinho.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Sex 12 Set - 11:19

Sobre a possível irregularidade da escalação do Eduardo, é bom ressaltar que Flávio Lopes é responsável pela parte técnica e não administrativa. O gerente de futebol americano deve fazer a ligação do elenco e treinador com a diretoria. Independentemente de ter indicado os contratados, os erros e acertos do Flávio estão relacionados à formação da equipe. Apesar de o Eduardo ter jogado só uma partida, o lateral-esquerdo demonstrou poucas condições para disputar a titularidade, com nível técnico abaixo do Bryan, Danilo e Carlos Renato. Aliás, a demora para Carlos Renato ter sido operado devido à mudança do plano de saúde é outra falha da superintendência. Sobre os desacertos nas contratações, Darley, Ygor Ryan, Cleiton, Artur, Heitor, Caballero, Diogo Dolem, Betinho, Pinga, Lucas Silva e Caio Dantas foram contratados para não jogar.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Sex 12 Set - 11:19

Por ter desperdiçado oportunidades de conquistar a vitória quando jogou com o time completo e contra adversários menos qualificados, o América enfrenta o Ceará, fora de casa, com a necessidade de buscar os três pontos a fim de voltar ao G-4. Adiantar a marcação é uma forma de se defender sem perder a ofensividade. Devido ao desgaste provocado por esse posicionamento no campo do adversário, alternar o combate adiantado com a valorização da posse de bola por meio da troca de passes qualificados. Mancini e Renan Oliveira são opções de meias ofensivos. Embora tenha marcado o primeiro gol no início do jogo contra o Vasco, o Coelhão recuou e cedeu espaços. Só depois de sofrer o segundo gol é que o time voltou a ser combativo, criou situações de empatar e até de ampliar o placar ainda no primeiro tempo. Blitz no Itatiaia Radio Bar, Pium-i 620.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Sex 12 Set - 11:20

Embora a Série B esteja na segunda rodada do returno, alguns contratados para reforçar a equipe ainda não mostraram condições de disputar a titularidade. Entre os que não foram relacionados para enfrentar o Ceará estão Igor Rayan, César Lucena, Fábio Caballero, Magrão, Doriva, Henrique e Diney. Durante a competição, Igor Rayan e Caballero deixaram de ser aproveitados entre os reservas. Lucena e Magrão jogaram poucos minutos. Doriva entrou bem contra a Ponte Preta, mas deixou a desejar quando começou jogando contra o Vasco. Lucena, Magrão e Doriva são jogadores caros para simplesmente compor o grupo. Henrique sofreu lesão antes da Copa do Mundo e Diney, no final do turno. Ambos perderam oportunidades de serem escalados mais vezes no time titular. As seguidas contusões de Elsinho, Renato Santos e Tchô também são preocupantes.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Sex 12 Set - 11:20

O meio de campo americano praticamente inexistiu contra o Ceará. Leandro Guerreiro foi o que acertou mais passes e o único que tentou marcar. Andrei deixou a desejar no combate e na transição. Renan Oliveira também pouco produziu. Na função de meia ofensivo isolado pelo centro, teve a mesma dificuldade de Mancini e Tchô nos jogos anteriores. Pablo, aberto pelos lados, cedeu espaços na intermediária e, quando avançou, errou os cruzamentos. Aliás, Júnior Lemos tem mais características ofensivas do que defensivas. Deveria ter jogado de terceiro volante a fim de fazer assistências para os atacantes. Nos cincos gols sofridos, só Adalberto, Vitor Hugo e Guerreiro tentaram combater os adversários, que ficaram livres dentro da área. Depois da saída de Willians, o time perdeu a opção de velocidade. Ricardinho e Bruninho nada acrescentaram.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Sex 12 Set - 11:20

América e AMDH disputam a segunda rodada do hexagonal sub-20, neste sábado, às 13h, no Independência. Os campeões da Taça BH estão mais valorizados pela torcida americana devido à conquista do título, mas a cultura do resultado deve ficar em segundo plano. O principal objetivo das categorias de base é promover o maior número possível de atletas qualificados para continuarem o trabalho de aprimoramento no profissional. O Coelhãozinho poderia ter sido eliminado na primeira fase da competição conquistada, quando sofreu um gol do Vasco no último minuto do jogo, ou na disputa de pênaltis contra o Goiás. Ainda assim, a qualidade técnica dos jogadores seria a mesma demonstrada na vitória sobre o Atlético. O aproveitamento dos pratas da casa na equipe profissional precisa ser feito dentro de um processo programado, e não emergencial.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Sab 13 Set - 10:59

Ligações diretas com chutões, muitos erros de passes e pouca criatividade do único meia-ofensivo centralizado foram os principais defeitos no turno. No returno, a marcação do setor defensivo também deixou a desejar. Andrei precisa ser mais eficiente nos desarmes, acelerar a velocidade na saída de bola e acertar os chutes de longa distância. Leandro Guerreiro deve jogar próximo da intermediária a fim de proteger os zagueiros e fazer a cobertura de um dos laterais. Pablo e Gilson alternarem as subidas pelos lados e acertarem os cruzamentos da linha de fundo. Mancini e Renan Oliveira poderão aumentar a força ofensiva, com tabelas progressivas, infiltrações na área adversária, assistências, finalizações e gols. Júnior Negão, Ricardinho e Rubens são opções para jogar ao lado de Willians. Concentração no Espetinho do Marquinho.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Dom 14 Set - 11:42

“À mulher de César não basta ser honesta, tem de parecer honesta.” Independentemente de perder ou não pontos de acordo com a decisão do STJD, só a dúvida sobre a possível irregularidade da utilização de Eduardo representa uma grande falha administrativa. Mais uma evidência da necessidade de mudar o que precisa ser mudado. Entre outras ações, reestruturar o organograma; definir funções de acordo com os cargos, para evitar o acúmulo de tarefas; e criar metas de desempenho. A proposta do cargo de superintendente ser transformado em diretor executivo, desvinculado do futebol, é antiga. Nesse caso, seriam criadas coordenações, técnica e administrativa, a fim de gerir o futebol. Os três cargos no mesmo nível hierárquico e subordinados ao conselho administrativo. Aliás, a anunciada consultoria do Sebrae não apresentou resultados práticos.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Estão esquecendo o principal

Mensagem por Santos Carvalhais em Dom 14 Set - 12:14

Marco Antônio escreveu:“À mulher de César não basta ser honesta, tem de parecer honesta.” Independentemente de perder ou não pontos de acordo com a decisão do STJD, só a dúvida sobre a possível irregularidade da utilização de Eduardo representa uma grande falha administrativa. Mais uma evidência da necessidade de mudar o que precisa ser mudado. Entre outras ações, reestruturar o organograma; definir funções de acordo com os cargos, para evitar o acúmulo de tarefas; e criar metas de desempenho. A proposta do cargo de superintendente ser transformado em diretor executivo, desvinculado do futebol, é antiga. Nesse caso, seriam criadas coordenações, técnica e administrativa, a fim de gerir o futebol. Os três cargos no mesmo nível hierárquico e subordinados ao conselho administrativo. Aliás, a anunciada consultoria do Sebrae não apresentou resultados práticos.

Essa história está parecendo aquela da disputa de uma regata entre um barco japonês e um brasileiro. Para quem não conhece, vou resumir aqui: na primeira disputa, o barco japonês tem um timoneiro e 10 remadores; o brasileiro também. Porém, ao perder a primeira competição, foi contratada uma empresa de reengenharia, que redefiniu a equipe, criando um cargo de gestor de remada, mantendo o timoneiro e reduzindo os remadores para 9. Nas disputas seguintes, a derrota era mais feia a cada disputa, e eram criados novos cargos de supervisão, gerenciamento, etc e reduzido o número de remadores. Até que, na última competição, com apenas um único remador, são feitas várias análises de números e estatísticas, e chega-se à conclusão que o culpado é o único remador, que é demitido...

Para mim, a coisa é mais simples. Ao invés de termos tantos presidentes, diretores, supervisores, etc, deveríamos ter um único cara responsável por montar a equipe, para sabermos bem quem será responsabilizado por não aproveitar melhor a base, por contratar jogadores com pouca qualificação, por contratar jogadores sem condições de jogo ( lesionado ou 'no bico do urubu' também conta ), etc.
avatar
Santos Carvalhais

Mensagens : 11
Data de inscrição : 07/08/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Ter 16 Set - 11:29

Em vez da melhoria contínua, o desempenho do time americano regrediu com a sequência da Série B. Os defeitos aumentaram e superaram os acertos. Variações táticas são importantes, mas a comissão técnica ficou tão preocupada em jogar de acordo com cada adversário, que o próprio estilo de jogo parou de ser desenvolvido. Apesar da permanência de Claudio Prates, para buscar a reação contra o Bragantino, a escalação, o esquema e a lista de convocados devem ser mudados a fim de evitar o continuísmo que provocou a saída do Moacir Júnior. Doriva e Magrão são jogadores para serem titulares ou dispensados. Para ficar no banco de reservas tem Diego e Fábio Caballero. Com a opção de até 12 relacionados, revezar pelo menos três dos atuais sub-20, em cada partida. Por exemplo: Messias, Xavier e Patrick. Concentração no Espetinho do Marquinho.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Qua 17 Set - 12:34

Para grande parte da torcida americana, a diretoria deve demitir Alexandre Faria. Isso é um desejo antigo. Ele entrou no lugar de Alexandre Mattos, que foi para o Cruzeiro e beneficiou bastante o futebol do rival. Desde a criação do cargo de superintendente no Coelho, o efeito colateral de parcerias de outros clubes com Eduardo Uram foi repetido. Até os campeões brasileiros sub-20 perderam espaço para contratados pouco qualificados e com salários mais elevados. Matheus só entrou no time porque Neneca estava em má fase. Além da segunda pior campanha da história do Mineiro, o desempenho abaixo do esperado nas competições, a venda de Rodriguinho durante a Série B, a troca de técnicos e as 82 contratações são algumas falhas executivas desta gestão. Perder pontos por desconhecimento do regulamento é um típico erro de amadorismo.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Qui 18 Set - 11:00

Os defeitos do time foram ampliados na derrota para o Bragantino. Houve erros de posicionamento do setor defensivo, com zagueiros no mano a mano contra os atacantes. Pablo e Raul, nas poucas vezes em que avançaram sem embolar pela diagonal, erraram os cruzamentos da linha de fundo. Mancini, Renan Oliveira, Tchô e Obina se destacaram pela improdutividade. Leandro Guerreiro, novamente, foi o que mais tentou jogar. Para piorar o que estava ruim, o erro de escalar Júnior Lemos na lateral direita foi repetido. Bruninho, mais uma vez, demonstrou incapacidade até para ser relacionado. Aliás, se Doriva e Magrão estiverem sem condições físicas e técnicas para disputar a titularidade, devem ser dispensados. A equipe de segurança do estádio exerceu poder de polícia e impediu, com uso da força, a exibição do cartaz: “SOS, chama o advogado do Flu.”
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Formiga em Sex 19 Set - 7:16

Contra o Bragantino o q hpuve foi PREGUIÇA.

AQUELE GOLEIRO ERA A IMAGEM DA PREGUIÇA. Como q um time profissional mantém um sujeito assim no elenco? E ainda bota pra jogar????

Formiga

Mensagens : 10
Data de inscrição : 07/08/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Sex 19 Set - 11:25

Na terceira rodada do hexagonal sub-20, América e Atlético vão se enfrentar neste sábado, às 15h, em Pará de Minas. O trabalho programado de refinamento dos jogadores que estão no último ano do júnior deveria ter começado após a Copa São Paulo. Marcelinho, Messias, Williams, Paulinho, Renato Bruno, Renatinho, Xavier, Patrick, Bruno Sávio e Rubens poderiam estar na fase de aprimoramento diferenciado na equipe principal. Falta criar esse processo de capacitação tática, física, técnica e comportamental, a fim de otimizar a preparação dos juniores para enfrentar novos desafios profissionais. Embora o principal objetivo da base seja promover atletas qualificados para serem refinados no profissional, só depois da conquista da Taça BH os sub-20 começaram a ser lembrados. O planejamento na etapa de transição precisa ser mais bem elaborado.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Sab 20 Set - 11:22

O Coelhão precisa demonstrar capacidade de se adaptar às mudanças de objetivos. Durante a espera do julgamento, vencer o próximo jogo passou a ser o principal desafio. Apesar de o motivacional ser importante, o esquema e a qualidade técnica carecem de aprimoramentos. A fim de buscar a vitória contra o Vila Nova-Go, a distribuição tática deve ser equilibrada. Leandro Guerreiro, de terceiro zagueiro, evitaria o desgaste do jogador devido à sequência de jogos e às dimensões do gramado, aumentaria a segurança defensiva e liberaria os alas. A escalação de Raul poderá facilitar o revezamento com Gilson nas ultrapassagens pelos lados. Mancini, Renan Oliveira, Ricardinho e Bruninho precisam ser mais produtivos. Magrão é opção de terceiro volante. Diego e Júnior Lemos deveriam ter sido relacionados. Blitz na Cantina da Ana, Silviano Brandão, 2.109.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Dom 21 Set - 11:18

Silas participou da formação da equipe americana para o Campeonato Mineiro. Moacir Júnior indicou jogadores para disputar o restante do Estadual, a Copa do Brasil e a Série B. Givanildo assume o comando técnico no segundo turno do Brasileiro. Vale lembrar que Givanildo foi o treinador do time em 2012 e também demitido durante a competição. As trocas de treinadores representam falhas de planejamento dos responsáveis pelo futebol, indefinição de metas de desempenho e realinhamento dos objetivos. Devido à parceria com Tombense, muitos atletas pouco qualificados foram contratados. Alguns nem jogaram. Apesar das 82 contratações, das mudanças de técnicos, o América ainda não tem um time titular. As seguidas contusões de Elsinho e Renato Santos são preocupantes. Doriva renovou contrato e deixou de ser opção até entre os relacionados.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Ter 23 Set - 11:18

O confronto entre América e Joinville seria o chamado jogo de “seis pontos”, mas, devido ao julgamento sobre a irregularidade do Eduardo, passou a ser o duelo dos opostos. Enquanto o time catarinense busca a manutenção da liderança, o Coelhão estreia Givanildo no comando técnico, com objetivo de conquistar a vitória e encontrar a melhor formação, de acordo com as características da equipe. A improvisação de Adalberto na lateral direita poderá funcionar, se o atacante adversário tiver pouca velocidade. Ainda assim, a parte ofensiva ficará comprometida sem as subidas pelos dois lados. Para o desenho tático ficar mais bem distribuído, a utilização do 3-5-2 fortalece a marcação e aumenta a força ofensiva, com a utilização dos alas. É momento de os mais experientes valorizarem a posse de bola. Blitz no Itatiaia Rádio Bar, na rua Pium-i, 620.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Qua 24 Set - 11:27

Na Copa do Brasil sub-20, América e Vasco disputam o jogo de ida, às 19h, na Arena do Jacaré. Sem Marcelinho, Williams, Addam, Renato Bruno, Renatinho, Bruno Sávio e Rubens, o Coelhãozinho foi derrotado pelo Atlético, no hexagonal do Mineiro. O processo de aproveitamento dos pratas da casa na equipe principal continua mal programado. Em vez de os atletas em formação só subirem quando atingirem a idade limite, o trabalho de refinamento precisa ser antecipado. Desde o primeiro semestre, os nascidos em 94, com os respectivos contratos renovados, deveriam ter participado dos treinos com os profissionais. No Mineiro 2012, Givanildo e Cláudio Prates também erraram no planejamento do desenvolvimento dos campeões brasileiros sub-20. O sub-14 enfrenta o Beagá, às 14h30, na Arena Santa Cruz, em Contagem.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 32 Anterior  1, 2, 3 ... 17 ... 32  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum