A Voz da Arquibancada

Página 1 de 32 1, 2, 3 ... 16 ... 32  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Dom 10 Ago - 19:27

A comissão técnica do América se preocupa tanto com a forma do adversário jogar que se esqueceu de criar o próprio padrão de jogo. Insiste na tentativa de usar o 4-2-3-1, sem considerar o perfil da equipe. Prioriza os treinos de bola parada em vez de qualificar a troca de passes. Os defeitos foram repetidos e ampliados na derrota para o Icasa: Tchô ficou isolado no centro; Pablo, Gilson e Willians mais preocupados em defender do que atacar; André, Vitor Hugo e Guerreiro rifaram os lançamentos; Andrei nem marcou nem avançou; Obina só teve uma oportunidade para finalizar; Ricardinho, com muitos erros de passes e finalizações, continuou improdutivo. Se fosse prata da casa não teria as mesmas chances. Aliás, Núbio Flávio, outro campeão brasileiro sub-20 mal aproveitado no profissional, em poucos minutos produziu mais que Ricardinho.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por careca americano em Seg 11 Ago - 8:31

"A comissão técnica do América se preocupa tanto com a forma do adversário jogar que se esqueceu de criar o próprio padrão de jogo."
Perfeito!
avatar
careca americano

Mensagens : 7
Data de inscrição : 06/08/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Qua 13 Ago - 23:46

Embora o América seja essencialmente formador de jogadores, existem falhas nas transições entre as próprias categorias e no desenvolvimento dos juniores no profissional. A base americana é literalmente dividida em Topázio (sub-10 a 14); Santa Luzia (sub-15 a 17) e Lanna Drumond (sub-20). Apesar de serem departamentos do mesmo clube, parecem empresas diferentes, incluindo a equipe principal. Atletas aprovados em uma categoria são pouco aproveitados nas seguintes. É preciso fazer um levantamento sobre a verdadeira origem dos jogadores em formação, verificar em quais categorias começaram os que chegaram ao profissional e quantos jogaram desde o Topázio, quantos entraram no infantil, no juvenil ou no júnior. Zé Marcos, artilheiro do juvenil de 2013, com 12 gols marcados, neste ano subiu para o sub-20 e saiu sem ser aproveitado.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Sex 15 Ago - 1:46

Falhas táticas e técnicas prevaleceram na derrota para o Avaí. Novamente faltaram qualidade e velocidade na troca de passes, eficiência na construção das jogadas e precisão nas finalizações. Willians perdeu o chamado gol feito. Mancini só fez uma assistência para Obina concluir. Apesar dos três volantes, a marcação também foi ineficiente. Além do buraco na intermediária, Thiago Santos errou o posicionamento e o tempo de bola nos gols sofridos. Fernando Leal falhou no primeiro, e Vitor Hugo, no segundo. Nos primeiros 15 minutos da segunda etapa, o Coelhão teve postura agressiva e jogou no campo do adversário. Depois da saída de Pablo e Andrei e a permanência de Thiago Santos, a distribuição tática ficou bastante confusa e o rendimento despencou. De acordo com Paulinho Criciúma, com as mudanças feitas, o América virou um aglomerado.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Sex 15 Ago - 11:29

Segundo Tostão, o atual sistema tático, muito usado em todo o mundo, com um meia de cada lado e outro recuado, pelo centro, deixa o centroavante isolado. Se o artilheiro não se movimentar, não pega na bola, como ocorreu com Fred na Copa. No caso do América, essa falha no esquema acontece desde o ano passado, quando Bady não jogou ao lado de Rodriguinho nos jogos iniciais da Série B, e Fábio Júnior recebeu poucas assistências. Em relação ao elenco atual, é fácil constatar que Obina e Júnior Negão são jogadores de pouca mobilidade. Mancini e Tchô se destacam mais pela ofensividade do que pela criatividade. Willians, Ricardinho, Diney e Henrique não são meias-atacantes que entram na área e marcam gols. A comissão técnica deve procurar o melhor esquema de acordo com as características da equipe, em vez de tentar impor o 4-2-3-1.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Sab 16 Ago - 11:07

O principal objetivo da base do América deve ser promover o maior número possível de atletas em formação para a continuação do trabalho de aprimoramento no profissional. Preferencialmente, com grande porcentagem dos que passaram pelo Topázio e por Santa Luzia, a fim de compensar a persistência de quem ficou bastante tempo no clube, valorizar o trabalho feito pelas comissões técnicas e justificar o investimento realizado. O Coelhãozinho enfrenta o Vasco, às 17h, em Ponte Nova, na estreia da Taça BH. A competição deveria ser disputada só por jogadores que estivessem nos dois primeiros anos do sub-20. O desafio e a preparação de quem está no último ano são outros. Marcelo, Messias, Willians, Paulinho, Renato Bruno, Renatinho, Xavier, Patrick, Bruno Sávio e Rubens poderiam estar na equipe principal, na fase de refinamento diferenciado.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Sex 22 Ago - 0:09

Elsinho e Gilson se destacam mais na parte ofensiva do que defensiva. A fim de melhorar o desempenho no apoio precisam buscar mais vezes a linha de fundo e aumentar a eficiência dos cruzamentos. Para compensar as subidas dos laterais, transformados em alas, Leandro Guerreiro deve ficar mais recuado, quase na função de terceiro zagueiro. Sem Andrei, suspenso, e Magrão, lesionado, Pablo, Willians e Júnior Lemos são opções para formar o losango do meio de campo, com Mancini ou Tchô próximo dos atacantes. Outra formação é a escalação do Mancini e Tchô no 4-4-2, com Willians e Obina na frente. Também existe a possibilidade de jogar sem centroavante. Nesse caso, Willians, Ricardinho, Tchô, Diney, Bruninho e Lucas Silva são alternativas para formar a dupla de ataque. Escolhas de acordo com as características dos jogadores da equipe.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Sex 22 Ago - 0:10

Ligação direta entre defesa e ataque e lances de bola parada podem resultar em gols, mas não devem ser as principais jogadas para enfrentar o Luverdense. Adiantar a marcação e trocar passes qualificados e objetivos no campo do adversário deveriam ser as prioridades. Na recomposição, acertar a cobertura dos laterais e a proteção aos zagueiros na intermediária; Elsinho e Gilson participarem das triangulações pelos lados e executarem cruzamentos da linha de fundo; Pablo, Willians, Mancini e Ricardinho, com bastante movimentação, aumentarem a eficiência na distribuição e nas finalizações; Obina acertar com precisão as assistências recebidas. Tchô é opção, inclusive para jogar com Mancini no quadrado do 4-4-2, a fim de facilitar o toque de bola e potencializar a força ofensiva. Concentração no Espetinho do Marquinho, Pitangui, 3.189.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Sex 22 Ago - 0:11

Durante o Mineiro, Moacir Júnior comentou na Hora do Coelho sobre a intenção de contratar um meia-esquerda ofensivo, com capacidade de penetrar dentro da área e finalizar, mas esse jogador canhoto não foi contratado para disputar a Série B. Na maioria dos jogos, Mancini e Tchô alternaram a titularidade, com bons e maus momentos, na função de único meia centralizado. Apesar do salário mais elevado, Renan Oliveira tem características parecidas com as de Kaio. Ambos são bons condutores de bola e finalizadores. Ainda assim, existe a necessidade  de jogar ao lado de um meia mais qualificado a fim de dividir a responsabilidade de comandar as ações ofensivas do time. Mais um bom motivo para outro esquema tático ser usado no lugar do 4-2-3-1. Ter três jogadores disponíveis para ocupar duas posições, em vez de só um dos três ser o titular.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Sex 22 Ago - 0:11

Obina se destacou nos melhores momentos da vitória sobre o Luverdense. Finalizou, fez assistência para o primeiro gol e marcou o segundo. Enquanto o artilheiro demonstrou grande eficiência, Leandro Guerreiro, Renato Santos e Willians foram mais participativos durante os 90 minutos. O experiente volante, com bastante movimentação e qualidade no passe, desarmou e apareceu para fazer tabelas. Renato Santos aumentou a segurança defensiva. Willians defendeu e atacou. Nos primeiros minutos, o Coelhão trocou passes no campo do adversário. Depois recuou e teve dificuldade para realizar contra-ataques por meio de ligação direta sem utilizar o meio de campo. Elsinho falhou na marcação, Ricardinho e Bruninho foram improdutivos. Apesar dos três pontos, faltou trocar mais passes na saída de bola pelo chão e acertar o complemento das jogadas.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Sab 23 Ago - 23:21

A participação da torcida americana, mais uma vez, será fundamental para o Coelhão buscar a vitória e manter a invencibilidade no Independência. O confronto contra a Ponte Preta deve ser marcado pela superação dos jogadores dentro de campo, incentivados pelos torcedores na arquibancada. Sem quatro titulares que enfrentaram o Luverdense, competitividade e combatividade farão a diferença. Jogar com bastante determinação durante os 90 minutos. Os experientes Renato Santos, Gílson, Leandro Guerreiro, Tchô e Obina comandarem o empenho do time. Elsinho e Gilson, em jogadas agudas pelos lados, e Andrei, mais próximo do Tchô, executarem a transição e recomposição através de movimentações dinâmicas. Oportunidade para Bruninho e Diney demonstrarem capacidade de disputar a titularidade. Concentração no Espetinho do Marquinho, Pitangui 3.189.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Sab 23 Ago - 23:21

Pelas oitavas de final da Taça BH, o Coelhãozinho sub-20 vai enfrentar o Londrina, às 10h45, em Manhuaçu. O gol sofrido no último minuto contra o Vasco poderia ter provocado a eliminação do América na primeira fase. Por isso, sempre é bom destacar que o principal objetivo das categorias de base é promover o maior número possível de atletas qualificados, mas ainda em processo de formação, e que esse desenvolvimento também precisa continuar no profissional. Apesar de o Xavier ter sido destacado, na transmissão da Rádio Montanhesa, quando enfrentou o Vasco, dos gols marcados pelo Rubens e Bruno Sávio e do Renatinho ser o artilheiro do Mineiro, essas competições são mais importantes na qualificação dos jogadores que estão no primeiro e segundo ano dos juniores. Os nascidos em 94 deveriam participar de um estágio na equipe principal.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Dom 24 Ago - 11:54

“Este ano vocês vão ver, vamos ganhar a Série B, Obina é melhor que Tardellê.” Desse modo, torcedores americanos comemoraram mais uma vitória e a manutenção da invencibilidade no Independência. Futebol solidário, competitividade e apoio incondicional da arquibancada foram os destaques na goleada sobre a Ponte Preta. A saída de bola foi mais trabalhada, em vez de ser rifada nas ligações diretas. Mesmo assim, no primeiro tempo, o Coelhão recuou e chamou o adversário, que teve mais volume de jogo. Após o segundo gol, com postura ofensiva e atitude vencedora, dominou a partida e poderia ter marcado mais gols. Diney e Doriva aproveitaram as escalações e demonstraram possibilidades de ser mais bem-aproveitados. Com os três pontos garantidos, Bruno Sávio deveria ter entrado para jogar no profissional sem a responsabilidade de decidir.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Seg 8 Set - 1:21

Enfrentar o Vasco no Independência ou no Mineirão? Esse é o dilema que divide a opinião da torcida. O confronto está marcado para o Independência, no dia 6 de setembro, às 16h10. Alguns americanos destacam a importância de jogar na nossa casa. Outros defendem a oportunidade de atrair novos torcedores. Também precisa ser considerado que a possibilidade de o Coelhão vencer existe nos dois estádios, mas a repercussão será proporcional ao público presente. Na convincente vitória sobre o Joinville, no Mineirão, a grande presença de torcedores foi destacada pela imprensa nacional e pelos jogadores. Independentemente da escolha, a compra do ingresso e a entrada no estádio devem ser bem organizadas. Coincidentemente, o recorde de público do América aconteceu contra o Vasco, no Brasileiro de 1976, com 40.961 torcedores no Mineirão.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Seg 8 Set - 1:21

Leandro Guerreiro é um facilitador na troca de passes. Bem-posicionado, habilidoso e especialista na técnica de jogar futebol, participa da marcação e também do apoio. Demonstrou mais eficiência nos passes certos do que nos desarmes. Até as bolas quadradas que recebeu, ele devolveu redonda. Manteve a regularidade na maioria das partidas, mas se destacou contra Joinville e Luverdense, quando formou dupla com Pablo. Aliás, contra o Sampaio Corrêa, Guerreiro, Pablo e Elsinho desfalcam o time. Doriva e Júnior Lemos são opções de lateral-direito improvisado. Thiago Santos deve jogar fixo na cabeça da área, com a única função de marcar. Renan Oliveira, centralizado ou pelos lados, revezar com Mancini ou Tchô. Willians ficar aberto no outro extremo. Na semifinal da Taça BH, o Coelhãozinho enfrenta o Goiás, amanhã, às 10h, no Independência.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Seg 8 Set - 1:21

América e Goiás disputam a semifinal da Taça BH, às 10h, no Independência. Hugo, Glauco, Danylo, Kevin, Roger, Addam, Christian, Zé Ricardo, Guilherme e Pablício são alguns dos atuais atletas em formação que poderão disputar a Taça São Paulo em 2015. Esses jogadores devem continuar o processo de desenvolvimento na base. Marcelinho, Messias, Williams, Paulinho, Renato Bruno, Xavier, Renatinho, Bruno Sávio e Rubens já deveriam estar na etapa de refinamento tático, técnico, físico e comportamental, coordenados pela comissão técnica da equipe principal. Aliás, os juniores não são adversários dos profissionais. Seria mais produtivo a participação de todos em times misturados, nos tradicionais coletivos 11 contra 11. Assim, os sub-20 jogariam ao lado do Renato Santos, Gilson, Leandro Guerreiro, Mancini e Obina, em vez de jogarem contra.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Seg 8 Set - 1:22

O Coelhão precisa jogar com paixão por vencer, a fim de derrotar o Sampaio Corrêa, conquistar a terceira vitória em dez jogos fora de casa e melhorar o desempenho na condição de visitante. Adalberto, Doriva e Júnior Lemos são opções para substituir Elsinho. Se Adalberto for escolhido, talvez seja mais eficiente utilizar o esquema com três zagueiros e liberar Doriva ou Júnior Lemos para executar a função de ala. Doriva é mais experiente na marcação, enquanto Júnior Lemos se destacou no sub-20 devido à qualidade de criar jogadas ofensivas. Thiago Santos e Diney terão outra oportunidade para mostrar condições de disputar a titularidade. Renan Oliveira deve atuar próximo de Willians, e Obina, repetir a movimentação e a eficiência demonstradas contra Luverdense e Ponte Preta. Blitz do Coelhão na Cantina da Ana, Silviano Brandão, 2.109.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Seg 8 Set - 1:22

América e Atlético se enfrentam na final da Taça BH. O Coelhãozinho superou várias condições adversas na competição. Na primeira fase, o CT Lanna Drumond não teve condições de ser utilizado como sede. Em Ponte Nova, o time disputou duas vagas, com Vasco e Sport. Contra o Goiás, erros da arbitragem prejudicaram grandes possibilidades de ampliação do placar. Além da diferença de critérios em relação às faltas marcadas, houve a marcação equivocada de um impedimento de Rubens, que estava em condições de fazer o gol, e o pênalti em cima de Danylo não foi marcado. Ainda assim, o time americano apresentou vários jogadores com potencial para serem promovidos e trabalhados no profissional. Em vez de serem escalados em situações de emergência e com a responsabilidade de decidir, participarem de um processo de aprimoramento planejado.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Seg 8 Set - 1:22

O Coelho demonstrou pouca combatividade e muita competitividade contra o Sampaio Corrêa. Mas esse confronto ficou em segundo plano devido à divulgação da denúncia do Joinville, alegando irregularidade de Eduardo em quatro jogos disputados pelo América. O anúncio da possibilidade de perder 21 pontos na Série B preocupou a torcida americana. Torcedores trocaram as análises táticas e de desempenho dos jogadores pelos comentários sobre artigos dos regulamentos das competições e do Conselho Nacional do Esporte. Entre as situações citadas está à extinção do prazo para a reclamação ter sido feita. Ainda assim, se o recurso for aceito pelo STJD, o caso do São Caetano foi idêntico e o clube não perdeu os pontos. Enquanto espera a decisão, o time americano, com a participação da torcida, precisa se concentrar na continuação do campeonato.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Seg 8 Set - 1:22

Com requinte de crueldade, o América venceu o Atlético e conquistou o bicampeonato da Taça BH. O placar de 7 a 2 seria o retrato perfeito da superioridade americana. Além dos três gols marcados, o Coelhãozinho fez um, anulado por erro da arbitragem, perdeu dois daqueles chamados de “feitos” e chutou uma bola no travessão. No terceiro gol, Patrick avacoelhou a defesa adversária. Com drible curto, deixou o zagueiro no chão e finalizou entre as pernas do goleiro. Embora o principal objetivo da base seja promover o maior número de atletas em formação para continuarem o trabalho de refinamento no profissional, ganhar um título na nossa casa e em cima de um dos rivais é altamente gratificante. Marcelinho, Messias, Williams, Paulinho, Renato Bruno, Xavier, Renatinho, Bruno Sávio e Rubens já deveriam participar do processo de transição.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Seg 8 Set - 1:23

Terminar o turno em terceiro lugar pode ser satisfatório, mas também precisa ser destacado que, considerando o baixo nível técnico da Série B, o Coelhão desperdiçou oportunidades de conquistar mais pontos e marcar mais gols. Ligações diretas entre defesa e ataque, erros de passes, oscilações de Mancini e Tchô na função de meia centralizado e baixa produtividade de Thiago Santos, Ricardinho, Diney e Bruninho foram os principais defeitos da equipe americana. Diego, Doriva, Júnior Lemos, Magrão, Renan Oliveira e Henrique foram pouco utilizados. André, Andrei e Obina alternaram bons e maus momentos. Fernando Leal e Renato Santos garantiram a segurança defensiva. Elsinho e Gilson foram mais produtivos quando avançaram. Willians e Pablo se destacaram pela movimentação. Leandro Guerreiro e Vitor Hugo mantiveram a regularidade.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Seg 8 Set - 1:23

A participação da torcida americana na arquibancada aumentou a vantagem competitiva do América, no primeiro turno. Na condição de mandante, o Coelhão venceu todos os jogos realizados no Independência e no Mineirão. O incentivo incondicional do torcedor também vai ser fundamental no returno. Sábado, contra o Vasco, o empenho precisa ser ainda maior. Grande oportunidade de transformar a nossa casa em verdadeiro caldeirão verde e preto. A fim de evitar as filas, que se formam minutos antes das partidas, preferencialmente entrar no estádio o mais cedo possível e esquentar o clima do jogo. Incentivar o time de guerreiros desde o aquecimento até o último segundo. Embora a principal concentração dos americanos seja no inferior da Pitangui (Portão 3), os outros setores, inclusive o lado da Ismênia Tunis, também devem ser participativos.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Seg 8 Set - 1:23

Pelo hexagonal do Mineiro júnior, o Coelhãozinho joga contra o Araxá, amanhã, às 15h, no Fausto Alvim. Renatinho, o meia-atacante artilheiro da competição, com 14 gols marcados, desde o ano passado carece de uma preparação física especial, com acompanhamento nutricional, a fim de aumentar a resistência muscular, suportar a sequência de jogos e subir para o profissional mais bem-preparado. Aliás, todos os atletas em formação, que estivessem no último ano de juniores, deveriam passar por esse processo diferenciado de aprimoramento, inclusive com orientação psicológica. Também participariam dos coletivos da equipe principal ao lado dos jogadores mais experientes. Nos jogos do América, pelo menos três sub-20 completariam a lista dos 12 relacionados para o banco de reservas. Só entrariam quando os resultados fossem favoráveis.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Seg 8 Set - 1:23

Com a fundamental participação da torcida americana, o América busca conquistar mais três pontos e a manutenção da invencibilidade no Independência. Apesar dos desfalques e da qualidade técnica do Vasco, ainda assim o Coelhão precisa jogar com atitude vencedora e postura ofensiva. Pablo e Adalberto são opções de reposição no setor defensivo. Mancini, Renan Oliveira, Willians e Patrick disputam as três posições de meias ofensivos. Se Elsinho jogar, Pablo também será alternativa para formar o meio de campo. Independentemente da escalação, o time americano deve evitar a ligação direta, a fim de trabalhar a saída de bola através da troca de passes precisos, com bastante velocidade e mobilidade dos laterais e dos meias na transição, recomposição e construção de jogadas para as finalizações de Obina. Concentração no Espetinho do Marquinho.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Marco Antônio em Seg 8 Set - 1:24

Sobre a possível irregularidade da escalação do Eduardo, é bom ressaltar que Flávio Lopes é responsável pela parte técnica e não administrativa. O gerente de futebol americano deve fazer a ligação do elenco e treinador com a diretoria. Independentemente de ter indicado os contratados, os erros e acertos do Flávio estão relacionados à formação da equipe. Apesar de o Eduardo ter jogado só uma partida, o lateral-esquerdo demonstrou poucas condições para disputar a titularidade, com nível técnico abaixo do Bryan, Danilo e Carlos Renato. Aliás, a demora para Carlos Renato ter sido operado devido à mudança do plano de saúde é outra falha da superintendência. Sobre os desacertos nas contratações, Darley, Ygor Ryan, Cleiton, Artur, Heitor, Caballero, Diogo Dolem, Betinho, Pinga, Lucas Silva e Caio Dantas foram contratados para não jogar.
avatar
Marco Antônio

Mensagens : 842
Data de inscrição : 05/08/2014
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário http://www.avacoelhada.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Voz da Arquibancada

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 32 1, 2, 3 ... 16 ... 32  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum